A NOMEAÇÃO DE DOM CANÍSIO POR BENTO XVI

Nomeação Apostólica

A nomeação de Dom Canísio para Bispo da Diocese de Santa Cruz do Sul foi publicada no dia 19 de maio. Ao assumir a Sede Episcopal na Catedral São João Batista, Pe. Roque Hammes, a pedido de Dom Dadeus Grings, leu a nomeação com tradução de Dom Sinésio Bohn. Eis o que diz a Carta de Nomeação:



Bento, bispo, Servo dos servos de Deus

Ao venerável Irmão Canísio Klaus, até agora Bispo da Diocese de Diamantino, transferido para a Sede Episcopal de Santa Cruz do Sul, saudação e Bênção Apostólica. Como importa prover logo a Catedral da Igreja de Santa Cruz do Sul no Brasil, vacante pela renúncia do Excelentíssimo Senhor Aloísio Sinésio Bohn, pareceu bem a Nós, Sucessor do beato Pedro e Pai Universal, ouvido o conselho da Congregação para os Bispos, que tu, Venerável Irmão, ornado de dons comprovados e perito em assuntos pastorais, pareces idôneo para reger esta Igreja.

Portanto, com a autoridade Apostólica, desfeito o vínculo com a anterior Diocese de Diamantino, te nomeamos Bispo da Diocese de Santa Cruz do Sul, com todos os direitos e obrigações.

Mandamos ainda que dês conhecimento desta Carta a teu Clero e ao povo, aos quais nós admoestamos para que te acolham bem e se mantenham em comunhão contigo.

Por ti, finalmente, Venerável Irmão, por intercessão de Nossa Senhora Aparecida, impetramos os mais ricos dons do Espírito Paráclito, com cujo auxílio possas exercer este novo ofício episcopal, com a máxima caridade, que é a primeira virtude dos Pastores.

Ama, portanto, com todas as tuas forças a todos os fiéis a ti confiados, de modo especial os últimos, os pobres e doentes, nos quais está presente de modo peculiar Cristo Senhor, que pela sua Santa Cruz redimiu o mundo. Que sua luz e paz estejam sempre contigo e com esta comunidade eclesial a nós caríssima.

Dado em Roma, junto a São Pedro, no décimo nono dia do mês de maio, no bi milésimo décimo ano do Senhor, sexto do Nosso Pontificado.

Bento XVI, Papa

Marcelo Rosseti, Protonotário Apostólico