JESUS BATE - E espera a resposta de cada um

JESUS BATE - E espera a resposta de cada um

O SENHOR bate nas paredes da Criação; da mesma forma como se alguém batesse por fora numa porta; mas para os homens é desagradável, que dentro deles possa ainda hospedar ALGUÉM. Os homens não querem dar atenção à este Doce Hóspede , e por isso fazem muito mais barulho, procuram tanto mais ocupar-se, dizem estarem cansados.

O SENHOR só pode bater, quando o homem mesmo consentir. Pois Ele mesmo deu liberdade ao homem para O receber ou não.

 

E o Amor doador do Divino Coração de Jesus, sabe que seria assim desde o início do tempo até o fim. Ele sabe  que muitos seriam também como o capim no campo; que nasce fica verdinho porém muitas vezes volta a murchar . Mas o Amor de DEUS não se cansa; e Ele continua a bater e agora bate nas paredes dos povos. Uns escutam, outros cerram o punho, outros não tem tempo. E há muitos entre estes que se agarram nos cabelos, que se matam por ganância, por cobiça de poder, por vingança e mesmo para satisfação pessoal... e no entanto...todos, todos são propriedade de Deus! E muitas vezes perguntamos: “-Porque Tu SENHOR não os precipitas no abismo do inferno?”, “_Porque o Senhor não os extingue?”, E temos como resposta: -“ Por causa do Amor doador do Coração ardente de Amor de JESUS”.

 

Porém agora o SENHOR bate nos corações do homem... é um bater silencioso mas inexorável. E o homem tem que se decidir, a favor ou contra o SENHOR. Uns perguntam: “-O que queres hóspede medonho? Nós não te queremos, o que queremos é adorar nossos próprios ídolos, pois estes quando não mais nos servirem poderemos sempre de novo destruí-los”. Outros perguntam: “_ O que queres, Deus terrível! Nós ainda não queremos morrer, queremos viver e o Teu bater nos angustia, melhor que Tu vás para os bons , piedosos, para aqueles que já rezam!”, pergunta:”_ Quantos entre os milhares de homens aos quais Deus bate em sua porta, em seu coração, que se levantam e vão ao encontro DELE?”

 

Conta-os, estes que O amam...é pequenino o rebanho! Incontáveis são os surdos que não querem ouvir o SENHOR.

Muitos virão do início e participarão nas núpcias celestiais, MAS muitas “crianças” vão ser lançadas fora. Certamente perguntais por quê? Tens como resposta: “_Porque elas foram chamadas por DEUS e não quiseram ouvir, e assim estrangularam o Amor de Deus através dos seus pecados”. Portanto ficai atento, ó homem, quando Deus te chama, pode ser que ao não querer ouvi-LO, ELE passe e não mais volte Seu Olhar para ti, pode ser que outro chamado vá ajudar Jesus carregar a Cruz, e não mais tu que desperdiçastes a tua sorte. 

 

Mas aqueles que amam DEUS verdadeiramente, amam também a cruz. Aqueles que amam Deus, carregam no seu coração a verdadeira Imagem da Face de Jesus e esta Face nós a reconheceremos em cada juízo tanto particular como no Juízo final. A Sagrada Face de Jesus é marcada, porque o Amor de Jesus é ardente. As queimaduras podem doer, assim como as queimaduras do Amor, pois o Amor de Jesus não é só doador, mas exige também muito da gente. Porém o verdadeiro amor a DEUS não olha nenhum obstáculo, não teme diante das humilhações e do escárnio. No dia do Juízo DEUS nos perguntará:”_O que fizestes com Meu Amor?” , “_ Vendeste por 30 moedas de prata  da ambição, da covardia, do respeito humano, da comodidade e da gula? Ou vós nem destes 30 moedas de prata em troca, e O jogastes fora como papel inútil!?”.

 

E durante a nossa vida é cada dia útil para nós, especialmente neste tempo da provação; quando JESUS tem que bater diariamente em corações empoeirados, apodrecidos, mofados, cheios de espinhos, das manias de brigar, e muitas vezes esse coração nos pertence ,é nosso.... e ELE assim bate e insiste cada dia   para novamente entrar e permanecer em nosso coração , porque uma vez quando aceitamos recebê-LO em nossa morada, ELE mesmo no SEU AMOR  imenso que tem por nós , nos deu poder sobre ELE , para que ELE sempre de novo , bata e insista e permaneça em nós.

 

JESUS nos convida a amá-LO, assim como nós somos...

 

   

AMA-ME, assim como tu és

 

(Traduzido do italiano da “Ecce Mater Tua” nro 268 (Mons. Lebrun)

 

“EU conheço tua miséria, as lutas, as aflições de tua alma, as fraquezas do teu corpo. Conheço também sua covardia, teus pecados e, apesar disso, Eu te digo:” Dá-me o teu coração. Amo-te como tu és!”.

Se tu esperas nisso: tornar-te um anjo para te entregares ao amor, tu nunca me amarás. Mesmo se também fores covarde no cumprimento de tuas obrigações e nos exercícios das virtudes, mesmo se caíres frequentemente naqueles pecados que não desejas mais cometer, EU não te permito não Me amares ! “Ama-Me, como tu és”!

Em cada momento e em qualquer situação em que te encontrares, no zelo ou na aridez, na fidelidade ou infidelidade: “Ama-Me como tu és!”. EU quero o amor do teu pobre coração; pois se esperas até que sejas perfeito, tu nunca me amarás!

Não poderia EU talvez de cada grão de areia criar um Serafim, irradiante de pureza, de nobreza, e de amor? Não sou EU o todo-poderoso? E se Me agradou deixar aqueles maravilhosos seres no céu, para preferir o teu amor miserável - Não sou Eu o Senhor do Meu amor?

Meu filho deixa-Me te amar. Eu quero o teu coração. Certamente EU te transformarei com o tempo, contudo, hoje EU te amo assim como tu és e EU desejo, que também tu Me ames assim como tu és. EU quero do abismo da tua miséria ver o teu amor se elevar.

EU amo em ti também as tuas fraquezas. EU amo o amor dos pobres e miseráveis. EU quero que do miserável suba ininterruptamente o grande grito: “JESUS, eu TE amo!”.

EU quero única e somente o canto do teu coração; EU não preciso da tua sabedoria e dos teus talentos. Uma só coisa é importante para MIM: “Ver-te trabalhar com amor!”.

Não são as tuas virtudes que EU desejo. Se EU tivesse que te dar tais virtudes – tu és tão fraco, isto só nutriria o teu amor próprio. Porém não te preocupes com isso. Eu poderia determinar grandes coisas para ti – não, tu serás o servo inútil, e EU tomarei de ti até mesmo o pouco que tens, porque EU te criei só para o amor.

Hoje me ponho mendigo na porta do teu coração – EU, o Rei dos Reis! EU bato e espero! Apressa-te para abrir-te para Mim! Não te desculpes com a tua miséria. Se conhecesses a plenitude da tua miséria, morrerias de dor.

O que feriria o Meu Coração seria ver que duvidas de Mim e deixas de confiar em Mim. EU quero, que tu também faças, só por amor a Mim, o mais insignificante ato. EU conto contigo para que Me proporciones alegria.

Não te preocupes se tu não possuis nenhuma virtude - EU te darei as minhas. Quando tiveres que sofrer, EU te darei forças para isso. Se tu Me deres o teu amor, dar-te-ei tanto para que entendas o amar, muito mais do que possas imaginar. Pensa porém nisso : “Ama-Me como tu és!”.

Eu te dei a Minha MÃE. Deixa tudo sim, tudo, para passares através do Seu coração tão puro! Aconteça o que acontecer, não esperes tornar-te santo para te entregares ao amor; tu nunca Me amarias – E agora vai!”

 

 

Em agradecimento a permanência do Doce Hóspede JESUS em seu coração , em sua alma,  vá até uma Igreja assim que possível e visite-O no Sacrário, agradeça-O por todo este Amor que Ele tem por você, leve um pequeno vaso de flores frescas ou uma rosa, como símbolo de sua oferta pessoal a ELE, pois você mesmo é uma Flor que faz parte do Jardim de DEUS, e o seu perfume é o Deus Amor e Deus Vida. Saiba que JESUS te chama pelo seu nome. Ele lhe dará os diferentes dons e qualidades próprias que irás precisar para subir a Montanha da perfeição e conquistar o cume da santidade, ainda aqui nesta vida. Pois Ele nos quer todos juntos um dia na Casa Paterna, nas Núpcias Celestiais.  AMÉM!

  

                                               Solange Gastl

 

“Deus de bondade, fazei de meu coração um templo digno da vossa majestade”. (P. J. Galot, S.J)

 

 

ORAÇÃO

 

Espírito Santo, enche-me de tua presença como gostas de fazê-lo aos que se abrem à tua vinda, a fim de que tudo se transforme em mim e me torne homem novo.

Enche-me de ti, dom de Deus, plenitude suprema.

Enche-me de tua presença, para que ela faça de todo o meu ser teu santuário.

Enche-me de tua luz, para que faça surgir em mim pensamentos novos, mais elevados.

Enche-me de tua vida, de sorte que possa viver em minha existência humana a vida superior de Deus.

Enche-me de teu amor, a fim de que toda minha conduta consista em amar à maneira extrema do amor divino.

Enche-me ao máximo, conforme a minha capacidade de te receber.

Enche-me sem cessar, aumentando o teu domínio sobre mim e fazendo  crescer em mim a tua santidade.

Enche-me de tua alegria, de teu amor, de teu inebriamento e cumula toda a Igreja de tua unidade.

 

                                (Padre J. Galot, S.J.).