JOELHOS NO CHÃO - FAMÍLIA EM PÉ

AMAR NÃO É QUERER ALGUÉM CONSTRUÍDO, MAS É CONSTRUIR ALGUÉM QUERIDO.
Testemunho de Benedita e Jimmy.

Durante a nossa caminhada fomos conquistando as graças de Deus por meio da oração. A nossa família é comum, mas o que nos torna diferentes é acreditar que, pela oração, alcançamos as graças vindas de Deus.

Deus quer mostrar para nossas famílias que estamos vivendo num campo espiritual. Enquanto preparávamos esta pregação, estávamos em oração e o Senhor nos dava a imagem de uma casa pronta. Logo depois vinha uma tempestade, e as pessoas que estavam dentro da casa verificavam que havia rachaduras nas paredes, buracos no telhado. E o discernimento dado a nós é que essa casa é como as famílias que têm sido assoladas por grandes tempestades. No relacionamento dos pais com os filhos e entre os casais. Se uma casa é alicerçada pelo Senhor, mesmo que tenha rachaduras, depois da tempestade, ela é restaurada.

Deus tem um projeto e quer restaurar a sua casa. Talvez você a esteja construindo em cima da areia. Dessa forma, ela não tem um alicerce firme, por isso, não agüenta a tempestade. Deus quer reconstruir sua casa no lugar certo.

O mundo de hoje está totalmente contra a família. Você não vê apoio nenhum a ela; ao contrário, somente descaracterizam e brincam com a imagem dela. E, às vezes, até aplaudimos essa degradação da família. Nós vemos que muitos, em São Paulo, ficam doentes por causa do ar poluído. E há muitas pessoas que estão vivendo isso. Estão respirando ar poluído, e nem percebem o mal que estão vivendo.

Eu sempre percebi durante o nosso namoro que o Senhor nos fecundava a partir da oração. No início virou um grande lema dentro do nosso casamento: "Amar não é querer alguém construído, mas é construir alguém querido."  Essa frase se tornou um verdadeiro lema para nós. Por isso, digo aos casais que estão iniciando: nós não estamos prontos. Você que já casou há mais de 20 anos, também não está pronto. Eu estou casado há 2 anos e meio, e não estou pronto; tenho muito a enfrentar. Mas graças a Deus, o alicerce da minha casa está firmado em Jesus. Se o Senhor não for o alicerce de sua casa, tudo vai por água abaixo.

Se nós não construirmos o nosso namoro, noivado e casamento em Jesus, seríamos assolados. Eu lhe digo, meu irmão: o mundo vem com todas as suas armadilhas, como o ar que polui e nós nem percebemos. Ele vem com sutileza. Quantas vezes, você é tentado por mulheres que dão em cima de você. E você dá brechas, esquecendo que tem uma casa, uma família. E por aí você acaba caindo.

Eu o convido agora para olhar para sua própria casa. Como ela está? Para uma família ser feliz precisa existir diálogo e partilha. Você precisa falar para sua esposa das tentações que viveu no dia e pedir a ela que reze por você. Quem hoje em dia faz isso?

Eu posso dizer que os meus pais acabaram se separando por causa das armadilhas do demônio. Eu sei o que é a dor do adultério, da traição... E não pense que o homem que adultera se acha feliz. Não, ele carrega um peso sempre. O mundo faz com que as pessoas nem pensem no que estão fazendo; mas quando elas se deitam, para dormir, refletem e percebem o que fizeram. O mundo não quer que reflitamos. Ele quer que nós engulamos tudo, como novelas, funk, prostituição, drogas, aborto. Quer que você engula que é normal que a sua filha leve o namorado para dentro de casa [para dormirem juntos], que é normal ensinar o seu filho a desrespeitar as mulheres e usá-las como objetos. Se agir assim, você estará ensinando seu filho e sua filha a serem adúlteros.

Nós precisamos construir uma família séria, em Deus. Pai e mãe, vocês precisam reconquistar seus filhos para Deus. Se hoje você precisa recomeçar a partir de você mesmo, então, recomece. Comece abandonando o adultério, as novelas, as suas amizades que só trazem malícia para as conversas, que só trazem desânimo, fofoca.

Eu posso testemunhar que a nossa filha, desde o início, já foi sendo acostumada a freqüentar a Santa Missa diária. Com apenas um ano e alguns meses, ela já faz o sinal da cruz; sabe quem é Jesus, sabe quem é a Mamãe do céu. Quando estávamos grávidos, nós pedíamos ? Camila o dom da alegria. Quando ela nasceu, eu fui ao quarto e lhe disse que era o pai dela, que estava lá, e a primeira coisa que ela fez foi sorrir. A comunidade [Canção Nova] é testemunha que ela é feliz e alegre porque foi amada, querida, desejada.

"Amar não é querer alguém construído, mas é construir alguém querido"

Se você quer conquistar seus filhos para Deus, ame-os! Quantos dão um computador somente para que o filho fique entreido. Isso é errado. Dessa forma, você o está tirando das mãos de Deus. Você precisa conversar com seus filhos se quiser que eles sejam de Deus. Você precisa ser uma esposa abençoada, você precisa ser um esposo abençoado, e não um peso.
O meu pai não teve uma experiência com Deus; graças a Deus, eu tive. Então, eu preciso amá-lo e não julgá-lo como todo mundo faz. Mulher, não é jogando na cara do seu marido os defeitos dele que ele vai mudar, porque isso o mundo já faz. Você precisa amá-lo. Deixe Deus cuidar da sua família, porque Ele quer salvá-la.

No nosso relacionamento eu sabia das lutas dele, das dificuldades que ele enfrentava. E, constantemente, eu não tinha receio de ir para a capela e colocar as minhas mãos na cabeça dele. E diante dos defeitos dele, Deus me falava que eu precisava olhar para ele como Ele olhava: Com misericórdia e amor.

Nós precisamos levantar esta bandeira de que somos capazes de construir uma pessoa para Deus - pela força da oração e pela força do amor. Nós que somos casados temos a graça do matrimônio. Você não deve abaixar essa bandeira; mas sim, levantá-la e acreditar nesta força do amor e da oração. Você deve tomar posse dessa verdade e dizer: Eu amo e rezo!

Certa vez, eu estava gravando no Rio de Janiro com uma pessoa que nem era de caminhada, mas ela me disse: "Joelho no chão, família em pé!" Eu sou testemunha do quanto a minha família hoje foi resgatada por Deus por causa da força da oração, da insistência. Por isso, mesmo quando você achar que não vale mais a pena rezar, seja insistente. Você não pode desanimar! Eu não posso desistir da minha família. Você precisa acreditar naquela Palavra que o monsenhor Jonas sempre repete: "Crê no Senhor Jesus e será salvo tu e tua família".

Acompanhe na Palavra: (Lc 18, 1-):
"Propôs-lhes Jesus uma parábola para mostrar que é necessári orar sempre sem jamais deixar de fazê-lo. Havia em certa cidade um juiz que não temia a Deus, nem respeitava pessoa alguma. Na mesma cidade vivia também uma viúva que vinha com freqüência à sua presença para dizer-lhe: Faze-me justiça contra o meu adversário. Ele, porém, por muito tempo não o quis. Por fim, refletiu consigo: Eu não temo a Deus nem respeito os homens; todavia, porque esta viúva me importuna, far-lhe-ei justiça, senão ela não cessará de me molestar. Prosseguiu o Senhor: Ouvis o que diz este juiz injusto? Por acaso não fará Deus justiça aos seus escolhidos, que estão clamando por ele dia e noite? Porventura tardará em socorrê-los? Digo-vos que em breve lhes fará justiça. Mas, quando vier o Filho do Homem, acaso achará fé sobre a terra?".


Deus fará justiça na sua família se você orar incessantemente
Essa passagem é a Palavra do dia do nosso casamento. Nós somos um casal de intercessão. Somos um casal que precisa levar para a família e para as pessoas que tudo pode ser mudado pelo poder da oração.

Você irá encontrar muitos vizinhos, amigos e pessoas que vão desanimar você falando que seu marido não tem jeito. Mas você tem de dar uma resposta diferente. Responda que ele tem jeito sim, porque tudo é possível ao que crê. Nem que você seja a única do "barco", remando contra "a maré". Pois Aquele, que é mais forte, está com você no seu "barco".

Os seus filhos podem até não acreditar em Deus. Mas seja perseverante. Sejam homens e mulheres de fé. Acreditem que Deus tudo pode mudar. Hoje, junto com você existe uma família que pode mudar. Sabemos da luta enorme, mas Deus no fim será vitorioso.

Se você acha que o amor passou, eu lhe digo que Jesus quer que você retome este amor. Ele que é a fonte sublime, Ele que derramou sangue na cruz, Ele que acredita em você, mesmo que você não acredite. Que acredita naquela pessoa em quem nem você acredita mais.

Fale para Jesus se a sua fé passou, se você não tem forças, entregue tudo isso para Ele. Insista para que sua família seja salva. Fale que você quer, sim, que seu marido largue o alcoolismo, que sua filha e seu filho encontrem a Jesus, que sua esposa seja uma mulher de Deus. Insista para que Jesus realize essa obra. Fale para Ele como está seu coração. Se você está sufocado, angustiado pela dor, fale para Ele. Não use máscaras, seja verdadeiro com Ele.

Este é o testemunho do casal Benedita e Jimmy
Transcrição: Lanier Rosa <>