O SACERDÓCIO - Enviai Senhor operários à Vossa Messe

Como é importante para nós a presença do sacerdote, pois sem o sacerdócio, não seria pregado o Evangelho, a Igreja não teria a Eucaristia, o pecador não teria a inefável consolação de receber, em nome de Cristo, a absolvição sacramental.

Também, sem o sacerdócio, os casais não teriam quem os abençoasse em nome de Deus, nem os agonizantes o conforto dos últimos sacramentos.
A humanidade, sepultada na miséria, não teria quem se esforçasse por reerguê-la, por conduzí-la a Deus, nem quem implorasse ao Senhor em nome dela e para proveito dela.

ENVIAI SENHOR OPERÁRIOS A VOSSA MESSE

Todos os poderes que Cristo deu a sua Igreja, confiou-os ao Sacerdócio.

Cabeça de todos - fiéis e sacerdotes - são os Bispos e o Papa.

Deus colocou o sacerdote junto da vida do homem, para ser o dispensador da misericórdia divina.

Mal o homem nasce, o sacerdote regenera-o por meio do Batismo, infunde-lhe uma vida mais nobre e preciosa à VIDA SOBRENATURAL, e fá-lo filho de Deus e da Igreja de Jesus Cristo.

Para fortalecer o homem e torná-lo mais apto para pelejar valorosamente na vida espiritual, um sacerdote revestido de especial dignidade, fá-lo soldado de Cristo por meio da Confirmação.

Mal o homem é capaz de discernir e apreciar o Pão dos Anjos, o Sacerdote alimenta-o e fortifica-o com esse manjar vivo e vivificante descido do céu.

Se o homem tiver a desgraça de cair, o sacerdote levanta-o em nome de Deus e reconcilia-o por meio do Sacramento da Penitência.

Se Deus chama o homem para formar uma família e colaborar com Ele na transmissão da vida humana no mundo, com o fim de aumentar primeiro o número de fiéis sobre a terra e depois o dos eleitos no céu, aí está o Sacerdote para abençoar-lhes as núpcias e o seu amor casto.

E quando o cristão, chegando aos umbrais da eternidade, necessita de fortaleza e auxílio para se apresentar diante do Juiz Divino, o Sacerdote inclina-se sobre os membros doloridos do enfermo, e de novo perdoa-lhe e fortalece-o com a unção do Sagrado Óleo.

Assim, depois de ter acompanhado os cristãos durante a sua peregrinação pela terra até as portas do céu, o Sacerdote acompanha-lhes o corpo até a sepultura com os ritos e orações em que se reflete a esperança imortal, e segue a alma até mais além das portas da eternidade, para ajudá-la com sufrágios no caso de ainda necessitar de purificação e de refrigério.

SACERDOTE:

PASTOR
ELO DIVINO
HOMEM DA FÉ
AMADO DE DEUS
HOMEM DA CARIDADE
HOMEM DA ESPERANÇA
APRESENTADOR DE DEUS
CELEBRANTE DO CULTO DIVINO
SANTIFICADOR DO POVO DE DEUS
HOMEM ESCOLHIDO PARA O SERVIÇO E A GLÓRIA DE EUS


-Que coisa tão grande é ser Sacerdote. Se compreendesse totalmente morreria
-O sacerdócio é o Amor do Coração de Jesus
( Cura D?Ars)


OBRIGADO AOS SACERDOTES POR NOS TRAZER JESUS

Texto:
Graziela Silva
Francisco Fernandez-Carvajal

Encíclica Ad Catholic Socerdotii - Papa Pio XI