A GRANDE TRIBULAÇÃO

Tempo de aflição e de angústia como nunca houve em toda a terra.


AS PRÓPRIAS FORÇAS DO CÉU SERÃO ABALADAS.

 
É o chamado tempo da "grande tribulação", do tempo da grande angustia para toda a humanidade, que se verá em meio a uma verdadeira tormenta, com fenômenos explodindo a cada dia ao seu lado, sem que ela possa fazer nada. Este tempo, seria o mesmo tempo dado no indicativo do livro de Daniel 9,25, "tempo de aflição", e grande angustia em toda a terra. E mais...
 
Continue em Lucas 21, 25: Haverá sinais no céu na lua e nas estrelas. Na terra a aflição e a angustia apoderar-se-ão dos homens e das nações, pelo bramido do mar e das ondas...
 
Os sinais são claros e evidentes na terra. As próprias estações mudaram de tempo e o clima da terra está todo transtornado. E muito mais está acontecendo porque as correntes marítimas estão mudando a temperatura do mar e grandes desastres climáticos estão em curso. Onde não chovia há séculos há agora inundações. Onde chovia sempre agora há seca. Há a previsão de uma seca a nível mundial e tão monstruosa que dizimará povos inteiros pela fome e pela miséria. Por isso os homens vivem em constante aflição e o "mar dos homens", estes 6 bilhões de habitantes da terra está provocando tais bramidos que realmente assustam. Eis que...
Lucas 21,26: As próprias forças do céu serão abaladas...
 
Está ai um versículo é prenuncio de monumentais transformações. Ele não pode ser interpretado de forma isolada, porque não daria a magnitude daquilo que está por vir. É por isso necessário que busquemos nos profetas através dos séculos, aquilo que eles tem dito sobre o Dia do Senhor Todo Poderoso, o dia em que ele se levantar contra os povos e as nações. Vejamos alguns deles:
 
Isaías 2,19: Refugiai-vos nas cavernas, nos rochedos e nos antros da terra, (Ap 6,15) sob o impulso do terror do Senhor e do esplendor de Sua Majestade, quando Ele se levantar para aterrorizar a terra.
 
Isaías 24,3: A terra será totalmente devastada, inteiramente pilhada, porque o Senhor assim o decidiu. 4, A terra está na desolação, murcha; O mundo definha e esmorece e os chefes do povo estão aterrados; (Ap 18,9) 16,..um pequeno número deles sobrevive.. 18, porque as comportas lá do alto abrir-se-ão e os fundamentos da terra serão abalados. 19, A terra é feita em pedaços: estala, fende-se, é sacudida, cambaleia como um homem embriagado e balança como uma rede de dormir; (Ver porque em Ap 13,10) 23, A lua corará de vergonha e o sol empalidecerá.
 
Isaías 27,1: Naquele dia o Senhor ferirá, com sua espada pesada, grande e forte, Levitã, o dragão fugaz, Levitã, o dragão tortuoso e matará o monstro que está no mar;
 
Jeremias 25,30: Ruge o senhor do alto dos céus e da Sua morada Santa faz ouvir sua voz Ruge contra o seu rebanho e lança o grito do pisador contra todos os habitantes da terra; 31, Estende-se o tumulto até os confins do mundo pois o Senhor está em litígio contra todas as nações, entra em processo contra toda a carne, entregando á espada os maus – oráculo do Senhor. 32, Eis o que diz o Senhor dos Exércitos: eis que o flagelo vai estender de nação em nação e dos confins da terra vai desencadear-se violenta tempestade. 33, Aqueles que o Senhor neste dia tiver atingido, de uma a outra extremidade da terra, não serão chorados, nem recolhidos e sepultados, jazendo no solo qual esterco; (Ver Ap 9,16)
 
 
Ezequiel 7,8: Vou em breve desencadear o meu furor contra ti, fartar a minha cólera, julgar-te segundo o teu proceder; farei cair sobre ti o peso das tuas abominações..26, sobrevirão desastres sobre desastres, má nova sobre má nova...
 
Ezequiel 38,18: Naquele dia futuro, Oráculo do Senhor Javé, o furor me subirá ao nariz. Na explosão do meu ciúme, na exasperação da minha raiva, eu o afirmo, naquele dia, eu juro, haverá terrível abalo na terra de Israel..., as montanhas desmoronar-se-ão, os rochedos cairão..
 
Joel 2, 1-3: Eis que se aproxima o dia do Senhor, dia de trevas e escuridão, dia nublado e de nuvens escuras.. diante dele um fogo devorador, atras uma chama abrasadora. Diante dele a terra é um paraíso, atras é um deserto desolador, nada lhe escapa. (Castigo humano e divino)
 
Joel 4, 13-15: Metei a foice, a messe está madura, vinde pisar, a lagar está cheio, as cubas transbordam – porque é imensa a maldade dos povos... O sol e a lua obscurecem, as estrelas empalidecem... (Ver também Ap 6, 12-13)
 
Amós 9,8: Eis que os olhos do Senhor Javé estão fixos no reino do pecador: eu o farei desaparecer da terra...(Ver também Ap. 21,8)
 
Abdias 1,15: Porque o dia do Senhor está próximo para todas as nações; como tiveres feito, assim se fará contigo, carregarás sobre a cabeça o peso de teus atos.(Ap 20,13)
 
Sofonias 1: Destruirei tudo sobre a face da terra – Oráculo do Senhor – farei parecer homens e animais, aves do céu e peixes do mar; exterminarei os ímpios com seus escândalos, farei desaparecer os homens da superfície do mundo – oráculo do Senhor. Eis que se aproxima o Dia do Senhor... este dia será dia de ira, dia de angustia e de aflição, dia de ruína e de devastação, dia de trevas e escuridão, dia de nuvens e névoas espessas... mergulharei os homens na aflição e eles andarão cegos porque PECARAM contra o Senhor... a terra toda será devorada pelo fogo do meu zelo, porque ele aniquilará de repente toda a população da terral (Ver Ap. 8 e 9)
 
Zacarias 14: Eis que vem o dia do Senhor... Juntarei todas as nações ao redor de Jerusalém... o Monte das Oliveiras... dividir-se-á ao meio.. toda a terra será aplanada desde Gabaa até Remon.
 
Malaquias 2: Ei-lo que vem – diz o Senhor dos Exércitos. Quem estará seguro no dia de sua vinda? Quem poderá resistir quando ele aparecer?
 
Ora, todos estes textos dos profetas tem seu resumo nas palavras de São João, no livro do Apocalipse. Ali, embora num texto e numa linguagem cifrada e bastante confusa e obscura, o profeta deixa entrever um tempo de grandes abalos na terra, quando serão executados os DECRETOS divinos e se cumprirão grande parte das profecias. São mais de 300 versículos bíblicos que estarão em curso num momento crucial da história da humanidade.
 
A maioria deles se cumpre num período especialmente curto, talvez três ou seis meses, onde se cumprirá aquilo que Ezequiel profetizou, sobrevindo sobre a terra "catástrofe, sobre catástrofe, má nova sobre má nova". Não é porém o nosso intuito discorrer aqui sobre o livro do Apocalipse e sim apenas mostrar que ele está se desenrolando ante os nossos olhos.
 
Os textos proféticos que anotamos acima, são apenas alguns dos textos bíblicos que se referem a um mesmo dia: O Dia do Senhor Todo Poderoso. O dia em que o Senhor se levantar para julgar a terra e seus habitantes. São textos claros e cristalinos. Só não os entende, quem não quer.
 
Na verdade, não será por vontade do Senhor que Ele assim agirá. Quem o obriga a intervir e rapidamente, para salvar ainda "um pequeno resto", é o próprio homem com a sua estupidez, com a sua arrogância, com a sua burrice em querer ser deus, ou ser mais que Deus.
 
A tecnologia avançada, a ciência, o saber e a imensa riqueza acumulada pelo homem no decorrer dos séculos, lhe dá a falsa idéia de que pode resolver todos os problemas da terra, de que pode comandar os tempos e as estações, modificar o clima, atuar no espaço e povoar outros mundos, na esperança de que se, algum dia isso daqui acabar, ele terá já outro lugar no universo preparado para se obrigar.
 
Ora isso é o cúmulo da estupidez. O homem, com seus apenas 2,5% de inteligência, não saiu ainda sequer da casca, é apenas um embrião inofensivo. E tentando afrontar ao Senhor Todo Poderoso, não passa de um pequeno verme, rolando-se na areia escaldante do deserto.
 
Mas vamos a Bíblia, que ela é sempre mestra: Existem ainda outros indicativos claros de que os dias do homem mau estão contados, pesados e medidos. Para os que duvidam, vejamos o que diz...
 
II Pd 3,3: Sabei antes de tudo o seguinte: nos últimos tempos virão escarnecedores cheios de zombaria, que viverão segundo as suas concupiscência; 4, Eles dirão: Onde está a promessa de sua Vinda? Desde que nossos pais morreram, tudo continua como desde o princípio do mundo.
 
O que acontece hoje é exatamente isso. Os sinais são evidentes e claros, o céu se derrama em contínuos avisos, os profetas clamam, as trombetas dos anjos troam por toda parte, entretanto a imensa maioria da humanidade está como que cega. Não escuta, não vê, não quer saber! E dizem: Que sinais? Ora isso sempre foi assim desde o princípio do mundo! Tudo vai e volta! São os ciclos da natureza e coisas mais. Hoje o mundo está cheio destes racionalistas que sempre tem uma explicação pronta para tudo! É satanás que os institui! Mas veja o que São Pedro continua dizendo:
 
II Pd 3,7: Mas os céus e a terra que hoje existem, são guardados pela mesma palavra divina e reservados para o FOGO do dia do juízo e da perdição do ímpios;
São Pedro então nos lembra que o primeiro castigo dos homens pecadores terminou no diluvio mas que agora, este tempo, está reservado para o fogo do castigo. O fogo das bombas que a estupidez humana acumulou através das últimas décadas. Tudo isso acontecerá embora muitos duvidem...
 
II Pd 3,10,11: Entretanto o dia do Senhor virá como ladrão. Naquele dia os céus passarão com ruído, os elementos abrasados se dissolverão e será consumida a terra com tudo que ela contém... dia em que se hão de dissolver os céus inflamados e se hão de fundir os elementos abrasados...
 
Ora, tal descrição procede com uma imensa quantidade de profecias, antigas e atuais, que nos revelam a proximidade de uma guerra monstruosa, onde a tecnologia de destruição que hoje faz sua mostra, levará ao uso indiscriminado dos artefatos nucleares de pavoroso poder de destruição, capazes de fundir e abrasar todos os elementos, conforme diz tão claramente são Pedro. Alguém soltará a primeira bomba atômica ou de hidrogênio. Logo os outros que as tem também farão uso delas sobre os outros Países e em poucas horas metade da humanidade poderá Ter desaparecido da face da terra.
 
 
Por Aarão - www.recados.aarao.nom.br