CATÓLICOS! NÃO SUCUMBAM

O som dos atabaques ecoou ontem à noite na Igreja.

APOSTASIA NA IGREJA E NO MUNDO.

“De todos os lados espalharam-se idéias que contradizem a verdade que foi revelada e sempre ensinada. Verdadeiras heresias foram divulgadas nos domínios do dogma e da moral, suscitando dúvidas, confusão, rebelião. A PRÓPRIA LITURGIA FOI VIOLADA. Mergulhados num “relativismo” intelectual e moral, os cristãos são tentados por um iluminismo vagamente moralista, por um cristianismo sociológico, sem dogma definido e sem moralidade objetiva.”

(Homilia do Papa João Paulo II, em 06/02/1981)


Mais uma vez somos obrigados, por um dever de consciência, a denunciar mais um fato gravíssimo de apostasia, profanação e heresia, que atenta contra a verdadeira Fé Católica e os desígnios de DEUS: a Sua Igreja fundada sobre o apóstolo Pedro. (Mt. 16,18)


Leia a notícia veiculada no jornal Zero Hora, de 04/11/2003, página 03:

“No ritmo afro" - O som dos atabaques ecoou ontem à noite na igreja Sagrada Família, em Bagé. Pela primeira vez desde que assumiu a diocese, Dom Gílio Felício, o primeiro negro gaúcho ordenado bispo, celebrou uma missa afro no município. O culto homenageou Nossa Senhora Aparecida. A parte musical da liturgia utilizou elementos africanos.” (Bagé RS)


Depois de ler esta lamentável notícia, que por si só deve ter contaminado o coração de milhares de desavisados católicos, o único pensamento que me vinha, após momentos de indignação e revolta, era pedir misericórdia a JESUS para os irmãos dessa diocese. Rezar para que lhes fosse mostrado o grave descaminho que se está descortinando a sua frente.

Repetida e exaustivamente estamos procurando ecoar, através deste portal, o que está muito claro na Sagrada Escritura para estes tempos: o momento profeticamente anunciado, em que nossa Igreja Católica seria atingida pela maior apostasia de toda sua história. A época do secularismo orgulhoso, vaidoso e prepotente, na qual muitos, almejando hipocritamente a glória pessoal, inventam levianamente conceitos e ritos totalmente nocivos à autêntica Fé Católica e à Igreja que a professa.

 

E o que é mais trágico... ninguém diz nada... ninguém toma providencias... É... em casos como este, como não lançar mão dos ditos populares, que alertam: “Quem cala, consente...” “Lobo não come lobo...” É... o velho respeito humano... “Não vou contestar o meu colega...” “Se eu falar vou perder o amigo...” E pelos desígnios de DEUS, quem zela? Se já não existem mais responsáveis, então quem chamará a atenção dos irresponsáveis?

Quem defenderá a autêntica Fé Católica? E a Igreja? A salvação das almas? A tradição herdada dos santos doutores e santos papas? A unidade? A obediência à Santa Sé? Ao Papa?

O antigo e hipócrita silêncio do consentimento... ou seria da perda da Fé? Já não acreditam em mais nada, por isso aceitam tudo? Inclusive achando que aberrações são coisas normais? Estão perdidos... confusos... sem rumo... e a CNBB não vai dizer nada? E o Núncio apostólico, também não? E muitos ainda querem através de uma fingida indignação afirmar: “Que apostasia? Não existe apostasia!” Então é o que?

 

Qual o adjetivo que usaremos para caracterizar esses desmandos, esse descalabro? Será que não existe mais no país um eclesiástico fiel à verdadeira Fé Católica (jubilado ou não) que abomine fatos como este que estamos divulgando, e encontre ainda no Vaticano alguém da confiança do Papa, para denunciar profanação como essa?

“Velai sobre o rebanho de DEUS que vos é confiado. Tende cuidado dele, não constrangidos, mas espontaneamente; não por amor de interesse sórdido, mas com dedicação; não como dominadores absolutos sobre as comunidades que vos são confiadas, mas como modelos de vosso rebanho.” (1 Pd. 5, 2-3)

Estimados e vitimados irmãos de Bagé, leiam o que escreveu o grande Papa, São Pio X (observem, um Papa santo) em sua Encíclica contra o “modernismo”, a Pascendi Domini Gregis: “o modernismo é uma seita”; “é a síntese de todas as heresias...” também orientando para que fosse aplicada a pena de excomunhão (Latae Sententiae) para os que o pregassem ou praticassem. Essa Encíclica profética de São Pio X está hoje com suas exortações atualizadíssimas, faltando apenas para cumpri-la à risca, uma grande “faxina” de excomunhões... mas aí, quantos sobrariam?

 

Certamente dos embevecidos seguidores da “teologia” marxista, chamada de “libertação” (só se for dos demônios dentro da Igreja...), os conhecidos “alianças pretas”, praticamente ninguém...

São Paulo em suas cartas a Timóteo alerta para esses cegos que viriam e conduziriam a outros cegos:

“...devias permanecer em Éfeso para impedir que certas pessoas andassem a ensinar doutrinas extravagantes, e a preocupar-se com fábulas e genealogias. Essas coisas, em vez de promoverem a Obra de DEUS, que se baseia na Fé, só servem para ocasionar disputas”. (1 Tm. 1,3-4)

“O ESPÍRITO diz expressamente que, nos tempos vindouros, alguns hão de apostatar da Fé, dando ouvidos a espíritos, embusteiros e a doutrinas diabólicas de hipócritas e impostores...” (1 Tm. 4,1)

“... Porque virá tempo em que os homens já não suportarão a sã doutrina da salvação. Levados pelas próprias paixões e pelo prurido de escutar novidades, ajuntarão mestres para si. Apartarão os ouvidos da verdade e se atirarão às fábulas. Tu, porém, sê prudente em tudo, paciente, nos sofrimentos, cumpre a missão de pregador do Evangelho, consagra-te ao teu ministério!” (2 Tm.4,3-4)

Portanto, meus irmãos em CRISTO, tudo está muito claro, as profecias estão se cumprindo em todos os sentidos, e os que estão no livro da vida do CORDEIRO, irão acreditar que estes são sim os tempos apocalípticos da purificação e preparação da Igreja e da humanidade para receber o Senhor dos senhores, o Rei dos reis, que virá em glória, visível a todos os olhos, na manifestação universal da Jerusalém Celeste...

“Na realidade, não é baseando-nos em hábeis fábulas imaginadas que nós vos temos feito conhecer o poder e a vinda de nosso Senhor JESUS CRISTO, mas por termos visto a Sua majestade com nossos próprios olhos. Porque Ele recebeu de DEUS PAI honra e glória, quando do seio da glória magnífica Lhe foi dirigida esta voz:

Este é o Meu Filho muito amado, em quem tenho posto todo o Meu afeto.

Esta mesma voz que vinha do Céu nós a ouvimos, quando estávamos com Ele no monte santo.

* Assim demos ainda maior crédito à palavra dos profetas, a qual fazeis bem em atender, como a uma lâmpada que brilha em um lugar tenebroso até que desponte o dia, e a estrela da manhã se levante em vossos corações.

Antes de tudo, sabei que nenhuma profecia da Escritura é de interpretação pessoal. Porque jamais uma profecia foi proferida por efeito de uma vontade humana.

Homens inspirados pelo ESPÍRITO SANTO falaram da parte de DEUS.” (2 Pd.1, 16-ss)

* Mais um alerta para os oficialistas de coração de pedra que teimam em perseguir o ESPIRITO SANTO de DEUS, falando contra as Aparições de Nossa Senhora e as locuções interiores de Nosso Senhor JESUS CRISTO, que têm apenas e tão somente exortado e auxiliado a todos para que possam situar-se e entenderem bem as profecias bíblicas para estes tempos.



Observação final:

“Pedro e os apóstolos replicaram: Importa obedecer antes a DEUS do que aos homens.” (At.5,29)

E dizemos ainda, homens desobedientes não merecem ser obedecidos...

Está muito claro que a maioria do clero, com raríssimas exceções, está deixando de professar a autêntica Fé Católica, ou seja, é isso mesmo que você vai ler, a maioria dos padres, bispos, arcebispos, cardeais e religiosos estão deixando de ser católicos, pois já romperam com a tradição herdada dos santos doutores e santos papas...

Disse o Papa São Leão II: “Anatematizamos Honório** que não ilustrou esta Igreja Apostólica com a doutrina da Tradição Apostólica, mas permitiu por uma traição sacrílega, que fosse maculada a Fé imaculada, e não extinguiu, como convinha à sua autoridade, a chama insipiente da heresia, mas a fomentou por sua negligência.” (Denz.Sch. 563 e 561)

** O Papa Honório e muitos eclesiásticos da época (bispos e padres) apoiaram a heresia monofisita.


Leiam o alerta do Pe. Fernando Arêas Rifan:

“A obediência é uma virtude moral, inferior à Fé que é uma virtude teologal. A obediência está condicionada à Fé. A Fé não tem limites; a obediência os tem.

Obedecer é fazer a vontade de DEUS, expressa na vontade dos superiores, representantes de DEUS; mas se a ordem dos superiores se revela em contradição com a vontade de DEUS, então vale aplicar Atos 5,29.

Assim o 4º mandamento manda o filho obedecer aos pais, mas se o pai lhe manda fazer algo contra a vontade de DEUS, o filho não deve fazer o que o pai ordena; e peca se o fizer...”

“A Igreja está passando por uma hora inquieta de autocrítica, que melhor se diria de AUTODESTRUIÇÃO. É igual a um transtorno agudo e complexo que ninguém teria esperado depois do Concílio. A IGREJA PARECE SE SUICIDAR, matar a si mesma...”  (Papa Paulo VI, Oss. Romano – 07/12/72)


Em tempo:

O que absurdamente é chamado de “missa” crioula, também não passa de uma gravíssima profanação e heresia, valendo também para isso, para essa invenção de apóstatas, tudo e muito mais do que já foi dito aqui. Futuramente voltaremos a esse trágico assunto.

“Ninguém de modo algum vos engane, porque primeiro deve vir a apostasia, e deve manifestar-se o homem da iniqüidade, o filho da perdição”. (2Ts,2,3)

Nota:

Referente também à manifestação do homem da iniqüidade, o filho da perdição, o falso profeta, o papa maçônico que apoiará o anticristo, encontramos claramente expressa em Apocalipse 13,11.

Colaboração de João Batista Klein
batistaklein@hotmail.com