MILAGRE DE SÃO PANTELEÃO - Inexplicável

MILAGRE DE SÃO PANTELEÃO - Inexplicável

No final da tarde de 26 de julho, centena de pessoas se dirigiram ao Mosteiro da Encarnação, em Madri, para assistir a um extraordinário fenômeno que se repete anualmente; o sangue de São Pantaleão, Mártir do século 15 contido numa ampola de vidro, readquire sua cor natural e se torna líquido, permanecendo nesse estado durante toda a noite e no dia seguinte, 27de junho, comemoração de seu martírio. No fim do dia, cerca da hora de véspera, o sangue volta lentamente  a solidificar-se e readquire sua anterior aparência.

São Panteleão naceu em Nicomédia, na atual Turquia. Era médico, como seu pai, e sofreu o martírio na perseguição de Diocleciano, em 303.  Segundo a tradição, a árvore seca junto á qual foi decapitado floresceu ao ser regada com seu sangue. O nome Pantaleão significa; ‘Aquele que se compadece de todos. 

A ciência não encontrou, até hoje, explicação para tão extraordinário fenômeno, que os fiéis cristãos não hesitam em qualificar de milagre.