ORAÇÃO DO DESAGRAV0 DE FÁTIMA

AS APARIÇÕES DO ANJO DE PORTUGAL:

 

- Jacinta, Lúcia e Francisco -

 

Em 1916, um Anjo apareceu três vezes, a três pastorinhos, em Fátima, Portugal. Sua missão era preparar as crianças para as seis aparições de Nossa Senhora, em 1917, de maio a outubro.

 

Na primeira aparição, o Anjo ensinou aos pastorinhos a seguinte oração, a qual devemos rezar muito, pois é uma Oração de Reparação:

“Meu Deus! Eu creio, adoro, espero e amo-Vos. Peço-Vos perdão para os que não crêem, não adoram, não esperam e Vos não amam”.     

 

Na segunda aparição, o Anjo disse:

“Que fazeis? Orai! Orai muito! Os Corações Santíssimos de Jesus e Maria têm sobre vós desígnios de misericórdia. Oferecei constantemente ao Altíssimo orações e sacrifícios”.

 

“De tudo que puderdes, oferecei a Deus um sacrifício em ato de reparação pelos pecados com que Ele é ofendido e de súplica pela conversão dos pecadores”.

 

“Sobretudo aceitai e suportai com submissão o sofrimento que o Senhor vos enviar”.

 

Estas orientações do Anjo, decorrentes da Verdade Revelada por Deus aos homens, contrastam hoje com as heréticas religiões e seitas que prometem eliminar o sofrimento, substituindo-o por bons acontecimentos, mas sem se preocupar como a Vida Eterna.

Infelizmente estas religiões e seitas são vistas com simpatia pelos católicos que preferem não fazer, por ex., como Nossa Senhora, como Santa Teresinha, como Padre Pio, e como todos os outros Santos que se abandonaram à Vontade de Deus.

Muitos preferem continuar no Catolicismo, mas trazendo para ele, a contaminação das idéias heréticas.  

 

Na terceira aparição, antes de dar a 1ª Comunhão às crianças, o Anjo rezou mais uma Oração de Reparação, e após a comunhão, as crianças a rezaram:

“Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, adoro-Vos profundamente e ofereço-vos o preciosíssimo Corpo, Sangue, Alma e Divindade de Jesus Cristo, presente em todos os sacrários da terra, em reparação dos ultrajes, sacrilégios e indiferenças com que Ele mesmo é ofendido. E pelos méritos infinitos do Seu Santíssimo Coração e do Coração Imaculada de Maria, peço-Vos a conversão dos pobres pecadores.”

 

Esta Oração de Reparação, devemos rezá-la muito também.

E através dela, podemos aprender que a Hóstia Consagrada que está nos sacrários (muitas vezes manuseada de maneira tão sacrílega!!!), não é apenas hóstia. É o preciosíssimo Corpo, Sangue, Alma e Divindade de Jesus Cristo.

 

Estas Orações de Reparação, podemos rezá-las, por ex., após o terço.