SETE SINAIS DO FIM

Quando todos estiverem acontecendo ao mesmo tempo, então virá o fim:

 * JESUS ESTÁ CHEGANDO *

Já muitas pessoas já têm escrito, anunciado, ou difundido mensagens de Jesus e Maria – muitas falsas, algumas verdadeiras - dando conta dos tempos em que estamos vivendo, os chamados pelo profeta Daniel de “tempos do fim”, mas não custa reforçar este tema, com novas colocações. E vamos procurar faze-lo de forma bem sucinta, para que o leitor entenda bem. Não só entenda, como também sinta, que não tenha dúvida de que chegamos a este tempo, sem qualquer possibilidade de erro.


 
Claro, nem vamos dar ouvidos a estes – me perdoem se digo esta palavra dura – “bestas”, que insistem em confundir o povo, associando as expressões bíblicas “Fim dos Tempos”, ou “Tempos do Fim” (Dn 12,1), com “Fim do Mundo”, exatamente para amedrontar os incautos. De fato, nós como insignificantes arautos deste tempo, se insistimos nele, é exatamente porque acreditamos que após este tempo mau, na verdade tudo começará, com os “Novos Céus e Nova Terra”, tantas vezes anunciados na Palavra de Deus. E, verdade seja dita, todos aqueles que anunciam este “fim dos fins”, são exatamente aqueles arautos da esperança, da vida nova em Deus e das maravilhas que o Pai tem preparado para todos aqueles que Ele ama.
 
    De fato, há milhares de pessoas em toda a terra, que tem verdadeiro pavor do Fim do Mundo. E conheço gente que apenas a citação da palavra “fim” já lhes provoca pânico. Mas veja, a maioria destas pessoas que diz ter medo do fim, é exatamente porque deve ter medo dele. São na maioria pessoas que não estão convertidas, que não estão preparadas para ele. Pior, são pessoas que não querem se preparar. Porque adquiriram um certo “status”, têm bens, têm posses, têm poder e simplesmente não querem mudar sua vidinha tranqüila. Para elas, está tão bom assim! Para que mudar? Pobres delas, mal sabem que é o diabo quem lhes dá tudo isso, pois passam a vida entrando pela porta larga, aquela que conduz à perdição eterna, conforme as palavras de Jesus. Enfim, duvido que uma pessoa convertida tenha medo de fim. Isso é coisa de incautos e imprudentes!
 
    Sim, o melhor indicativo está – como sempre - nas palavras do próprio Jesus, em Mateus 24. É dele que vamos selecionar os sete sinais claros que ele deixou aos apóstolos. E o que Jesus disse, em síntese, é que, quando TODOS aqueles sinais estivessem acontecendo ao mesmo tempo, estaríamos já vivendo a “Grande Tribulação” e que a “geração” daqueles dias – ou seja, os homens que estariam vivendo naquele tempo - não haveria de passar sem que todas as profecias se cumprissem. Frisamos ainda especialmente a palavra MUITOS, para a intensidade de cada um dos sinais que mencionaremos a seguir, especialmente para diferenciar de “alguns”, ou “poucos”, que os olhos menos acurados insistem em ver.
 
 Que disse Jesus? Naquele dia, os apóstolos perguntaram a Jesus, ao saírem do Templo de Jerusalém, “dize-nos... qual o sinal da tua Vinda e da consumação dos tempos?” Então ele lhes respondeu que, exatamente quando se estivessem “consumando”, ou acabando, ou chegando ao fim, os tempos determinados por Deus, para “dar fim” ao castigo que toda a humanidade recebeu por causa do pecado de Adão, estaríamos próximos a sua 2ª Vinda Gloriosa, a partir da qual passaríamos a viver os Novos Céus e a Nova Terra, ou seja, um novo paraíso terrestre.
 
    E como Deus fala que fará “novas todas as coisas” (Is 65,17), certamente que é preciso acabar com todas as “velhas coisas”, ou seja, é preciso destruir tudo o que o homem velho construiu, para que possamos ressurgir no “homem novo”, num “mundo novo”. Ora, para destruir, arrasar e sepultar TODAS as obras da civilização “moderna”, certamente que é preciso acontecer coisas assombrosas. E são estes acontecimentos assombrosos que virão para destruir tudo aquilo que o orgulho humano produziu, é que darão origem à Grande Tribulação (Dn 12,1), que Jesus menciona no mesmo capítulo 24 de Mateus. Os sinais?   

 
1º SINAL – Virão muitos falando em Meu nome”:

Trata-se da proliferação mundial de falsos doutores, falsos “teólogos”, falsos criadores de doutrinas, de correntes diversas, de pessoas que discordam da orientação do Papa João Paulo II e por isso pregam contra ele. Enfim, nunca na história da Igreja existiram dentro dela tantas correntes e alas divergentes. Em quantas alas doutrinárias mais se deverá dividir a Igreja para que as pessoas percebam que este aviso de Jesus está em pleno curso?


2º SINAL – Ouvireis falar de guerra e rumores de guerras”:

O mundo, desde que existe o diabo, sempre esteve em guerra. Mas jamais, como hoje, tantas guerras estiveram em curso. São guerras entre países, são guerras internas pelas diferentes etnias, são também guerras de polícia contra bandidos, como no Rio de Janeiro. Fala-se que estão em curso mais de 70 guerras atualmente. Além disso, o rumor de uma 3ª Guerra Mundial está sempre presente e todos os dias se fala nela. Quantas guerras mais terão de acontecer para que as pessoas finalmente aceitem a evidência deste sinal?


3º SINAL –Haverá fome, pestes e terremotos em todos os lugares”:

Fome e pestes sempre houve. Mas nunca tanto quanto agora. Mais de metade da humanidade sofre de fome crônica e não há país do mundo que esteja livre das doenças, cada vez mais graves. Quanto aos terremotos, também sempre os houve. Mas vejam o seu ciclo: da época de Jesus até o ano de 1800 foram 21 terremotos; de 1801 até 1950 houve 51; de 1950 até 1991 foram 93, mas de 1991 até agora, eles já passaram de 100 terremotos destruidores. Quer dizer, de apenas um terremoto por século, passou-se mais de 10 terremotos por dia. Sim, sempre houve terremotos, mas jamais como nestas últimas décadas. E se pergunta: é preciso que aconteça um terremoto por hora, ou que a terra inteira trema, por 8 horas seguidas sem parar, para que as pessoas finalmente acordem?


4º SINAL – Sereis perseguidos por causa de Meu nome”:

Esta palavra se cumpre hoje de uma forma cruel e terrível. Também, segundo levantamentos recentes, em mais de 70 países do mundo a Igreja Católica é perseguida, seus padres e fiéis são assassinados e a cada dia mais aumenta a ferocidade de satanás contra os seguidores de Jesus Cristo. Não há dúvida que nos séculos passados a perseguição sempre fez parte da vida da Igreja, agora, entretanto, ela tem se exacerbado de uma forma assustadora e aumenta cada vez mais. Tanto que o próprio Jesus diz que, no momento do auge da perseguição, “aqueles que vos matarem, acharão que com isso prestam culto a Deus” (Jo 16, 2). Já imaginaram a coisa chegar a um ponto, onde os católicos se matarão em nome de deus? E quando os católicos se estiverem matando entre si, acaso o povo acreditará no que Jesus falou?


5º SINAL –Surgirão muitos falsos profetas”:

Está ai um dos mais maléficos cânceres deste tempo de hoje. Na verdade não existem apenas “muitos”, mas sim milhares deles. Todos dizem que falam com o céu e assinam suas invenções, seus “escritos”, suas “mensagens”, enfim, suas profecias heréticas, usando os nomes santíssimos de Jesus e Maria. Para citar apenas uma menção a este tipo de “profecia”, um jornal que recebi nestes dias fala que, apenas no Brasil, onde se fala em mais de 300 confidentes, disse a pessoa que ficaria com menos de cinco verdadeiros. Pois, pessoalmente, sou propenso a aceitar a mesma tese. E pela queda brutal de alguns deles, se pode ver que a espada vingadora (Ez 21) do Pai, já começou a agir. Está ai, pois, bem evidenciado este sinal. Nunca houve tantos falsos profetas como hoje. Quantos mil mais, será preciso fazer surgir, para que as pessoas acreditem também neste sinal?


6º SINAL – Ante o progresso crescente da iniqüidade o amor de muitos esfriará”:

Quando falamos em amor, falamos em fé. E o sinal é muito claro. A superabundância das chamadas seitas, sim seitas, porque por divergirem da única Igreja Verdadeira, a católica, se desviaram do caminho da verdade, é a mais evidente prova da morte da fé. E São Paulo em II Tess, fala em apostasia, ou seja, a renegação da fé, a renegação do batismo, pois na verdade, todas as pessoas que largam a fé católica, em busca das seitas evangélicas, e lá são batizados novamente, na verdade apostatam da fé e renegam seu batismo publicamente. Assim, ninguém pode alegar que também este sinal não esteja em curso. Acaso é preciso que se criem ainda mais que as 50 mil “igrejas” evangélicas que já existem hoje, para que o povo perceba este fato como o sinal anunciado por Jesus?

 

7º SINAL –O Evangelho será pregado pelo mundo inteiro, então vira o fim”:

Este sinal anunciado por Jesus, inclusive a mim, por um tempo, causou confusão. Eu sempre achava que a 2ª Vinda de Jesus só aconteceria quando todas as pessoas da terra tivessem ouvido falar em Jesus. Na verdade isso é um engano. Isso quer dizer que o Evangelho de Jesus seria anunciado a todos os povos da terra, ou a todos os países do mundo. E isso já está sobejamente cumprido. Afinal, o próprio João Paulo II, já visitou mais de cem países, levando este Jesus. Não há mais nenhum país do mundo que não tenha ouvido falar no Evangelho do Amor, a Doutrina de Jesus Cristo. Sinal de que ninguém poderá alegar falta de conhecimento da Lei, se vier a se perder, por não haver acatado a verdade.

 
     Assim, pela primeira vez na terra, depois de Jesus, todos os sete sinais que Ele próprio indicou, estão acontecendo ao mesmo tempo, e em toda a sua intensidade. E quando lemos o capítulo 24 de Mateus inteiro, vemos que após citar os sinais chave, ele continua relatando os eventos a eles relacionados. E também outras passagens das cartas apostólicas, nos trazem novos indicativos deste FINAL. Dentre estas citações de São Pedro e São Paulo, a que mais se destaca é a de que “o dia do Senhor, virá como um ladrão”, ou seja, quando menos se espera. E nós já exaustivamente mencionamos os textos proféticos, inclusive neste site na coluna dos “Artigos”. Eles são claros e elucidativos, especialmente o “Está na Bíblia”! Tudo aquilo, pois, acontecerá imediatamente ANTES da 2ª Vinda de Jesus.
 
    Nestes textos você poderá retirar, palavra por palavra, todos os eventos que explicam em linhas gerais, cada um dos sinais anunciados por Jesus, conforme relatamos acima. Então poderemos perceber, que embora os sinais já estejam atualmente em curso, eles ainda irão aumentar sempre mais de intensidade, todos eles ao mesmo tempo, até chegar ao limite do inaudito. E tudo terá que aumentar ainda mais de intensidade, até chegar a um ponto extremo, exatamente porque os homens não querem ver, nem ouvir, os avisos de Deus. E quando o auge da tribulação chegar...
 
- Veremos que, quando o tempo de Deus chegar, da quebradeira econômica mundial para as guerras civis internas é uma questão de poucos meses;
- Veremos que a partir das guerras civis para chegarmos a uma terceira Guerra Mundial é apenas um passo e uma questão de semanas; 
- Veremos que desde o dia em que o Papa João Paulo II terminar sua missão, até que os católicos se estejam matando entre, si sob o chicote de um falso papa é questão de tempo.
- Veremos que desde o momento em que se soltarem as três bombas atômicas previstas, para o clima da terra inteira entrar em plena convulsão é questão de horas.
- Veremos que, para Deus destruir esta Babilônia odiosa que criamos é questão de minutos. Basta aguardar o momento do Grande Aviso e da queda do astro.
 
    Não raciocinemos, pois, pelas cabeças dos incautos, que imaginam que tais coisas levarão até décadas inteiras para acontecer. Porque, então, quando chuvas diluviais explodirem em alguns lugares soterrando ou varrendo cidades inteiras, quando terremotos se sucederem cascata, quando furacões varrerem os continentes, quando uma seca mundial acabar com todas as colheitas, quando as águas dos rios secarem, quando morrerem a maioria dos animais da terra de pura fome e sede, quando nuvens de insetos nocivos, de gafanhotos, de animais peçonhentos e nocivos invadirem as cidades, enfim, quando você olhar para todos os lados e ver apenas desolação e morte, talvez só ai muitas pessoas compreenderão que fizeram mal em não se preparar, por desprezarem os avisos de Jesus.
 
    Sim, ai será tarde para muitos, especialmente para os escarnecedores de hoje, para aqueles que se fiam na ciência e na tecnologia, para os que põe sua esperança no poder das armas, e para os que pregam um falso deus apenas misericórdia, mas esquecem um Deus Justiça perfeita. Ai, quando o cometa vier, quando ele partir a terra em milhares de pedaços (Is 24), quando, os continentes estiverem em frangalhos ou mergulhados no mar, quando países inteiros houverem submergido nos oceanos, quando povos inteiros tiverem sumido da face da terra, quando a Babilônia infernal que criamos houver sido feita pó, juntamente com todas as suas torres desafiadoras, então, quem sabe, o povo aprenda a ouvir Jesus e não fazer pouco caso das Suas advertências.
 
    Faltará, então, apenas a conversão do “povo santo”, o povo judeu, que aceitará sim a Jesus como Messias, para que se complete o último ato dos “tempos do fim”. Depois que isso tiver acontecido, ainda um último abalo virá para toda a terra com a abertura do sétimo “selo” e o advento do último - e maior – o “Grande Milagre” de Deus em favor do homem. E este grande terremoto dará origem aos famosos “Três dias de Trevas”, o fim dos fins. Pois quando passarem estes dias, se abrirá a Nova Terra diante dos olhos maravilhados dos que tiverem passado pela Grande Tribulação. 
 
     Por hora, leitor amigo, pelo menos acompanhe os pequenos sinais da besta. Observe atentamente a queda dos gigantes multinacionais: Enro, Worldcom e Xerox nos Estados Unidos, a Vivendi na Europa, todas envolvidas em falcatruas monumentais, destinadas a fraudar balanços para apresentar lucros inexistentes e fazer subir artificialmente as ações na Bolsa de Valores. Isso é só o primeiro passo! No fim, o mundo descobrirá, estarrecido, que todas elas são fraudulentas e que todos não passam de grandes ladrões. Ai deixa-me rir se você ainda acha que é preciso uma década para falir o mundo. Ouça o que Deus diz: basta um momento, para a sua execução (Ap 18,10)!


Como disse o Papa João Paulo II: “A Igreja sabe que chegou a última fase dos tempos, e a renovação do mundo está irrevogavelmente fixada...”. Sór Deus sabe porém dos tempos e datas. Mas se Igreja sabe que chegou o tempo, e se a Igreja assim anuncia, pelas sábias palavras de seu Pastor maior aqui na terra, isso é mais um motivo para que nós todos prestemos atenção ao anuncio do anjo que grita para o nosso tempo: “Temei a Deus e dai-lhe glória porque é chegada a hora de seu julgamento. Adorai Aquele que fez o céu a terra, o mar e as fontes” (Ap 14,7). 
 
     E “proclamai isso entre as nações” (Jl 4,9): Jesus está chegando! Vamos abrir os braços para recebe-LO! Com alegria! Sim, com esfuziante alegria. 
                                                        Aarão