UMA HECATOMBE JAMAIS VISTA

Só bilhões de Ave Maria poderão mudar a rota do astro. 

 
ATENÇÃO GOVERNOS!
 
01 – Está em Atos dos Apóstolos 12, 20 Estava Herodes em conflito com os habitantes de Tiro e de Sidônia. Estes, porém, de comum acordo, se apresentaram a ele, e, com o favor de Blasto, que era camareiro do rei, pediram a paz. (Porque a sua região era abastecida por ele.) 21 No dia marcado, Herodes, vestido em traje real, sentou-se no tribunal e lhes dirigiu uma alocução. 22 O povo aplaudia: É a voz de um deus, e não de um homem! 23 No mesmo instante, o anjo do Senhor o feriu, por ele não haver dado honra a Deus. E, roído de vermes, expirou.
 
02 - Qualquer pessoa, com ainda alguma espécie de bom senso – e de inteligência – percebe claramente que estamos vivendo um processo de deificação do ser humano, uma verdadeira idolatria, que fatalmente terá conseqüências desastrosas. Sim, e para toda a humanidade, idolatrados e adoradores; os primeiros pela ousadia de se porem de dedo em riste diante do Altíssimo, os segundos por prosternarem seus corações diante de meras criaturas. Jamais houve, em todos os tempos, um só reino, um só império, um só governo, ou civilização que sobreviveu desafiando assim a Deus.
 
03 - O que nos aproximamos é de uma hecatombe jamais vista, porque se tais reinos se esfacelaram aos pés de seus reis “divindade”, temos agora alguns componentes que aumentam o peso da culpa; primeiro porque temos a lição histórica daquilo que se deu com os povos que tentaram isso, e segundo porque vemos hoje os cristãos, gente de uma brutal cegueira, que comete a mesma idolatria. Esta afronta é suprema, e bate diante do trono do Eterno, como um grito de zombaria, e soa como desafio. Trata-se de criaturas humanas, menos que vermes e menos que pó, louvando ídolos humanos, menos que vermes, menos que pó, com respeito até maior do que se fossem um Deus.
 
04 - Eu, pessoalmente, não tenho nada contra qualquer governo, seja de esquerda ou de direita, seja de que partido ou tendência for, desde que lute realmente para o bem do povo e a felicidade geral da nação. Desde que não seja corrupto e vise apenas o poder para seu uso, sem compromisso algum com os reais interesses do povo e da pátria. Desde que siga no mínimo uma linha de moral – não esta podre “ética” – e preserve os princípios eternos da lei natural, aquela que vem impressa profundamente no coração de todos os homens. Entre estes princípios pétreos da lei universal, está o não mentir, não roubar, não se deixar corromper, não violar os princípios da vida – aborto e eutanásia, a união civil de parceiros do mesmo sexo, e a pratica homossexual – e mais uma se pode agora acrescentar: não se deixar idolatrar e mesmo endeusar!
 
05 - Nas semanas que passaram alguns indicativos nos levam a escrever este texto, como uma alerta, não somente para os governantes que aceitam tal epíteto – sois deuses – mas também para aqueles governados que insanamente, loucamente, cometem este desatino. Na Dinamarca um jornal enalteceu até os extremos a figura do presidente Obama – o infeliz presidente dos EUA – chegando ao ponto de lhe dar superioridade a Jesus Cristo. Tal comparação, feita por um verme humano, é de uma insensatez tão brutal, que ultrapassa os limites da razão, rebaixa-se os infinitos da loucura, e certamente clama aos céus. Não pode ser uma pessoa lúcida aquela que atribui mais méritos a Obama que mal saiu dos cueiros, do que a Jesus Cristo, nosso Deus. Não somente méritos, mas poderes, e maior contribuição para a humanidade!
 
06 - Não bastasse isso, pessoas, homens e mulheres, totalmente bestializados, passam mesmo a idolatrar tal infeliz, como se fosse o “seu jesus”, devotando a ele sentimentos de verdadeira adoração. Claro que não se viu na mídia nenhuma notícia de que Obama tivesse vindo a público rebater imediatamente estes exageros! Mas não se pode dizer também que ele não esteja ao par destes fatos, sinal de que os aceita com naturalidade e não sem indisfarçável orgulho. E ali exatamente é que está o perigo, o mesmo que deu fim a aquele rebotalho humano chamado Herodes. Fim que nossos profetas prevêem para o anticristo, e fim também previsto para os seus seguidores e adoradores. Seu destino é o mesmo dos vermes! O repasto eterno dos demônios!
 
07 - Também aqui no Brasil nota-se o mesmo fato, em relação ao nosso presidente, e embora ainda não se verifique campanha na mídia para deificá-lo, - mas cresce - basta ver os índices de aprovação de seu governo, superiores até aos de Hitler, na Alemanha nazista. Ora, aqui cabe a aplicação do enunciado de Nelson Rodrigues, que diz: toda unanimidade é burra! Claro que isso tem seus limites, porque há sempre dois lados da questão, há o bem e o mal. A unanimidade seria inteligente e sábia se o fosse em Deus, mas é tola e bestial quando se firma em pessoas. O fato é que a verdadeira adoração que aqueles fanáticos alemães devotaram a Hitler terminou no extermínio de metade ou mais de sua população. Sim, todos os que se revoltaram contra ele e não o aprovaram! E aqui vamos pelo mesmo caminho, podem ter certeza disso!
 
08- Sem dúvida, a idolatria louca e cega devotada a um mero homem, leva fatalmente ao totalitarismo, ao governo tirânico e brutal, e isso começa exatamente no momento em que o ser idolatrado, se faz adorado, depois se faz senhor inconteste, exige cada vez maior idolatria, e começa a esmagar a todos os que discordam disso. Todos os reis do mundo que até hoje exigiram isso caíram estatelados. E se o leitor imagina que aqui não estamos vivendo este processo, então veja o que aconteceu nos últimos anos, com todos os jornalistas de personalidade forte, que ousaram criticar o atual governo. Todos foram demitidos, são processados, e sob a baioneta do corte dos recursos – fartos – de propaganda – furada e mentirosa – foram demitidos sumariamente.
 
09 - O primeiro sinal do totalitarismo é quando um governante discorda de qualquer tipo de oposição, no que se julga o perfeito e digno da idolatria. O segundo sinal é quando se abraça com as massas de manobra, com a ralé ordinária, que é tratada com pão e circo, e isso acontece aqui no Brasil, pois larga faixa da população recebe em casa sem trabalhar, no que descumpre a divina lei – do suor de teu rosto, ganharás o pão de cada dia – e prenuncia a derrocada iminente do regime. Mais do que isso, significa a implantação gradual do regime comunista ou socialista, que é sem dúvida o governo da tirania, da aplicação da força e da mordaça. O governo do sangue, por isso suas bandeiras vermelhas! Já vimos este filme em dezenas de países, e todos foram lavados em sangue humano! Será diferente aqui? Não! Basta dar tempo ao tempo!
 
10 - Uma análise fria do nosso governo, mostra com luminar clareza que ele pretende se eternizar no comando da nação, e para isso monta um esquema avassalador. Mas em nenhum lugar do planeta até hoje tais pretensões ficaram sem resposta. E a primeira sempre vem da “ira divina”, pois todo governante é instituído por Deus, todo poder terreno é dado por Ele, para que busque levar seu povo a caminhar na Lei Eterna. É Deus, pois, que tanto eleva governos, como os faz fulminar, não pelo dedo polegar indicado para baixo – morte! Como se fazia na arena romana – mas permitindo que eles se auto destruam, devido a insânia dos próprios atos. Quando um governo não segue mais os princípios eternos da Lei natural, pode preparar seu caixão, porque sua ruína não tarda. A justiça chega! E seu braço é esmagador!
 
11 - Gostaria assim, que todos marcassem bem o que vou dizer, porque de uma forma ou de outra haverá uma manobra suja em nossa nação, para mudar a Constituição e dar mais mandatos a este governo. A candidata que eles escolheram certamente tem uma ficha bandida e sanguinária tão longa, que somente um desequilibrado vendo aquilo pode ainda dar-lhe um voto. Notem que ao redor do Brasil, algumas nações já conseguiram um terceiro mandato, e isso ainda não é permitido no Brasil. FHC já deu o primeiro golpe na Constituição conseguindo o segundo, e afinal ambos são pérolas tortas da mesma ostra. A matriz de ambos é vermelha.
 
12 - Assim, nosso governante e sua claque apenas aguardam que se torne completamente inviável a “candidatura da candidata”, e para não perderem o coxo certamente eles irão convocar um plebiscito, às pressas, para viabilizar o terceiro mandato. E podem ter certeza plena de que, com mais de 80% de aprovação isso acontecerá. Pode não ser bem desta forma – embora eu tenha quase certeza – entretanto podem considerar a realidade futura de termos um ditador, nos moldes de Cuba, Venezuela e outros. Afinal, já estamos quase rodeados de governos comunistas, resta apenas a Colômbia nossa vizinha do Norte. E se o seu presidente conseguir o terceiro mandato, o nosso também irá conseguir. Nosso governo, aliás, já é comunista de fato, mas será também de direito. Acreditem: algo de podre se trama nos bastidores da nossa nação.
 
13 - Vejam: eu citei que Hitler tinha mais de 80% de aprovação de seu governo, e vemos que o nosso até ultrapassa aquele. Numa análise fria e segura destes índices, e sabendo das tendências naturais do povo, alias mil tendências dentro da liberdade, nós poderemos afirmar que, qualquer índice de aprovação de um governo, acima de 70% é extremamente perigoso, pois chega muito perto do endeusamento. Com 80% de aprovação, chega-se a um nível de alerta máximo e acima disso é processo irreversível. E claro: unanimidade é idolatria, é tirania, é sangue escorrendo pelas ruas. Isso nos diz que corremos aqui um grave risco, muito mais horrível do que alguns pensam. A nossa democracia é frágil, porque mantida neste auge por uma massa de povo, que vive das benesses do governo, e às custas dos que pagam impostos. Que acontecerá com esta gente, se de um momento para outro o governo não tiver mais recursos para bancar suas benesses? Irá buscar na força ou não? Veremos isso acontecer, e o feitiço irá virar contra o feiticeiro. Podem anotar isso no vosso caderno!
 
14 - De fato, um índice aceitável, para um bom governo do povo, para uma democracia no sentido lato da palavra, deve ficar em torno de 60% não mais. Isso porque, acima a cada ponto tal governo imagina estar tudo bem – mesmo indo muito mal como nosso caso, e o tempo me dará razão – e quanto mais sobe, acha que está ainda melhor, até chegar ao ponto de dizer-se a verdade incontestável e começar as retaliações a quem discorda. Já um índice abaixo dos 50% obriga o governo a ficar alerta, porque pode induzir o povo a inconformidade e ao levante, que terminem da defenestração do incompetente. O que intriga é que este infeliz Obama, mesmo estando perto deste índice, continua empinado, fato que nos leva a outra conclusão: lá também a mídia é garroteada, e segue pela lei do mais forte, não da razão nem do direito.
 
15 - Meu sentido neste texto, não é, porém alertar para índices de aprovação de governos, mas para mostrar ao leitor o terrível alcance dos seus atos. Nós percebemos, em todo mundo, de nação a nação, a aprovação das leis antideus, possíveis e impossíveis. Quero dizer: se não forem aprovadas pelos parlamentos, são aprovadas pela força de manobras regimentais malignas, porque os filhos das trevas, atiçados pelos demônios são mais operantes do que os filhos da luz. Porque o demônio não lhes dá liberdade e os atiça constantemente, enquanto os anjos de Deus respeitam a liberdade do homem, e com voz quase apagada no fundo dos corações acabam se auto-justificando com um lavar de mãos, como fez o pusilânime governador Pilatos.
 
16 - Ontem mesmo o Parlamento português aprovou a união civil de parceiros do mesmo sexo, e Portugal hoje está de luto. Resta ao presidente o veto, entretanto as forças políticas que manobram a União Européia, literalmente retiram qualquer possibilidade de que isso se confirme. Portugal está indo à falência. E o presidente é católico! Da mesma forma aconteceu no México, na Colômbia, e irá acontecer em todos os países mais avançados, longe dos regimes muçulmanos e de algumas nações onde o comunismo ainda não fincou suas garras nefandas. Ou seja: nos próximos dois anos, tempo de ação furtiva ainda do anticristo, todo o palco mundial estará sendo preparado, para que não haja qualquer obstáculo ao seu governo maligno.
 
17 - Ou seja: ele exige hoje dos governos a promulgação das leis antivida, que já devem estar valendo quando ele assumir o governo mundial, porque ele dirá que não vieram dele estas leis. Embora seja exatamente este o desejo dele, uma vez que cumpre a lei de Lúcifer seu pai e mentor. Pode então se postar como um messias, cair nos braços do povo como um líder abençoado pelos céus, e depois fazer-se adorar como se fosse o próprio Deus, e já adoram lullas & obamas. Tais nanicos como Obama e como nosso “este é o cara”, no fundo já são pequenos anticristos, deleitando-se na idolatria e navegando eufóricos nos braços do povo, insano povo.
 
18 - Vejam que tudo repete os passos de Lúcifer o condutor da revolta dos anjos, prova de que satanás não é nada criativo. Se a primeira vez não deu certo e ele perdeu, como irá achar que vencerá agora, se não pode agir diretamente como antes, e age apenas com pequenos semi-deuses – os governantes atuais – todos querendo posto igual? O fato é que no fundo, todos os que promovem o governo mundial, a globalização, com todos os seus arremedos e remendos, no fundo querem ser também Deus. Ou acham que a rainha da Inglaterra não viveria um orgasmo narcotizante de orgulho, se visse a ser feita a rainha do planeta? E assim com todos os comandantes da destruição, e cada um deles, sentado em cima das suas toneladas de ouro, almeja até o mais fundo da alma ocupar o posto de comandante planetário.
 
19 - Eis aí o perigo do orgulho, que leva ao crescendo sistemático do ego, que mergulha o homem com a cabeça acima das nuvens – negras nuvens – tal que já não pode mais ver o solo onde pisa, nem se pisa na cabeça dos outros. E sempre pisam em outros! E tal orgulho chega ao ponto de ebulição de hoje, onde esta claque trama a morte de mais de seis bilhões de seres humanos, com a maior insensibilidade, eis porque luta tanto pela preservação dos animais selvagens. Porque colocou o homem comum – nós os reles mortais – a um nível inferior ao das bestas insanas e desalmadas. Deus é o único autor e Senhor da vida! Mas estes homens se elevam acima Dele, e decretam nossa morte, no que se põem em guerra aberta contra o Altíssimo Soberano do Universo. E isso não ficará sem castigo!
 
20 - A humanidade corre hoje um gravíssimo perigo de extermínio, tal que não fosse a ação divina impondo limites aos condutores do inferno, isso aconteceria fatalmente. Porque o homem do orgulho, deificado e idolatrando-se a si mesmo, não encontra limites em seus atos, nem mede as conseqüências de suas ações, pensem em Hitler! O homem solta uma bomba de bilhões de toneladas de dinamite no Planeta Júpiter, e não quer nem saber se isso vai afetar ou não o equilíbrio do Universo. E isso já afetou! Por causa disso o asteróide chega, e por culpa do homem!
 
21 - O processo de genocídio mundial dos povos corre de forma fulminante agora, e o mais incrível de tudo é que os que programam isso, já não se escondem mais os pérfidos desejos de seus corações e abrem descaradamente o jogo. Eles se sentem cada vez mais seguros de que não precisam esconder-se nas trevas para conspirar, porque o poder de seu dinheiro e a força de seu exército em armas já é tão assombroso que, imaginam fiar-se deles para afrontar a Deus. Está como anunciou o profeta Miquéias em 7, 2... Todos andam à espreita para derramar sangue, cada um arma laços ao seu irmão. 3 Suas mãos estão prontas para o mal: o príncipe exige (um presente), o juiz cobra as suas sentenças, o grande manifesta abertamente suas cobiças, todos tramam (suas intrigas).
 
22 - A sã consciência, a inteligência mínima, e mesmo o sagrado princípio da lei natural, mandam observar que toda ação que vai contra a vida humana é uma ação que leva ao auto-extermínio. Nenhum animal, nenhum ser vivo e irracional busca em massa a destruição de si próprio. O urso macho – é certo – come os seus filhotes, mas a sabedoria eterna proveu a ursa de tal instinto de ferocidade, que com isso ela suplanta até o mais valente dos machos. O leão macho quando assume um bando, mata as pequenas crias dos outros leões, isso faz parte da manutenção continuada da vida, em força e vigor. Mas nem a ursa, nem a leoa mais sanguinária matam seus filhos nos ventres, antes se defendem com extrema ferocidade. E assim todos os animais, falo dos irracionais.
 
23 - Que dizer, então, do homem, quando sufoca, esgana, estraçalha, despedaça as crias de seus ventres maternos, e faz isso sob o espectro tenebroso de uma lei humana? Que dizer do homem quando promove a união de parceiros do mesmo sexo, e quer a equiparação de direitos, sob a espada da “não discriminação”? Que dizer do homem, quando aprova as leis da eutanásia, a eliminação sumária dos mais fracos, velhos e doentes, sob a mentira de uma super-raça? Que dizer do homem, quando utiliza os próprios embriões em pesquisas, tornado descartável a vida, e interferindo de forma torpe e insana, no processo perfeito estabelecido pelo Criador? Que dizer do homem, quando defende a pedofilia com crianças de até dois anos, e obriga a inocência desde cedo a se conspurcar, ensinando a masturbação e o coito precoce?
 
24 - Mais ainda: que dizer de um governo, que defende tudo isso, e que trama, até mesmo contra a vontade da maioria, para que tudo o descrito no parágrafo acima se torne em lei, e que sejam punidos os que discordam? Neste exato momento eu abri um e-mail de Julio Severo, e vejo que na Alemanha, mais precisamente na Vestfália, oito casais sofreram pesadas multas e agora vão ser presos, porque retiraram seus filhos das aulas de educação sexual promovidas pelo governo. Ali, neste país que verá em breve o Rio Reno tinto de sangue, e coalhado de cadáveres por centenas de quilômetros, já temos casos de pais fugindo com seus filhos, para outras nações – ainda não tão insanas – porque querem que eles masturbem seus pequenos desde os dois anos “para que sintam orgulho de seu sexo”. Ora, isso é pedofilia diabólica e praticada pelos pais. E isso está indo como vento putrefato, de nação em nação.
 
25 - Ora, o ser humano quando se auto-impõe leis torpes e se deifica, não conhece limites, nem mede o alcance de seus atos. Ele não tem condições de prever o que acontecerá adiante na cadeia da vida. Se ele interrompe a vida no ventre, se mata os descartáveis, se promove a esbórnea homossexual e a orgia sexual como lei, e se vitima as crianças atingindo a inocência na pureza de seu coração, isso quer dizer que a moral terá desaparecido, dando lugar à devassidão mais desafiadora. E a devassidão é sinal de derrocada, basta ver o que aconteceu com a toda poderosa Roma, e suas intermináveis orgias. E basta ver o que aconteceu com Sodoma, em sua extrema depravação. Tudo isso é caminho acelerado do abismo!
 
26 - Portanto, governos e governados, ateus e outros atoas, comunistas e socialistas, e a todos os que se fazem servos do diabo, pugnam por tais leis e executam seus planos: vocês estão conduzindo a humanidade para a mais pavorosa das hecatombes. E caso não retornem imediatamente deste caminho, e não abdiquem destes planos maléficos, sobre as vossas cabeças cairá o sangue de bilhões de seres humanos, e um sangue que pedirá contas ao Altíssimo e Senhor, a quem vocês desafiam. Vejam que é tão cego e absurdo o vosso procedimento, que nem mesmo levam em conta que a maldade que vocês querem tornar lei, se voltará contra vós mesmos, e sereis os mais duramente atingidos, isso tão certo como há um sol que nos alumia.
 
27 - Imensidões de povos e de gentes parece seguirem alheios, a tudo o que se passa e não se dão conta das nuvens negras que aparecem no horizonte. Não bastassem a estranhas nuvens que têm aparecido nos céus e as tempestades destruidoras que se apresentam como sinais, o pavoroso abismo de imoralidade atual já deveria alertar a todos de que tudo isso terminará mal. A natureza inteira dá sinais de tremor e já de pavor, diante do que está por acontecer, culpa única da maldade humana. De fato, todos os governos da terra foram permitidos pelo Altíssimo, pois nenhum poder é dado ao homem, sem que dos Céus viesse a permissão. Mas esta permissão não lhes é dada, para que conduzam o povo a afrontar a Eterna Lei.
 
28 - De fato é ridículo evocar a laicidade do governo, sua independência da Igreja, e até mesmo o seu desvinculamento completo de Deus. Todas estas três suposições caem no vazio, quando em confronto com a verdade. Isso porque tudo depende de Deus, e a negação de sua existência, ou a alegação de um pretenso direito do estado de agir de acordo com a vontade humana, ignorando os princípios invioláveis a que a vida humana e inteligente está sujeita é caminho de ruína, destruição e morte. E quanto mais o mundo avança neste sentido, mais violento será o impacto do astro que vem para sustar os passos da aventura humana, pondo um freio nestes desvarios.
 
29 - Triste é ver que são poucos os que percebem, e formam avalanches cegas os muitos que não querem ver. Milhões de pessoas agem como se nada disso fosse com eles, e não querem nem que se fale de uma mudança radical. Isso se dá especialmente com quem tem um bom emprego, casa, comida farta e carro bom, possibilidade de alguma viagem e planejamento de férias. Entre este tipo de pessoas é raro encontrar-se alguém que se deixou acordar pelo Espírito Santo, e não dorme este sono de morte, que narcotiza a maioria das pessoas. Estes vão sendo conduzidos como cordeiros ao matadouro, pois nem uma Ave Maria rezam para acabrunhar os artífices de tudo isso.
Ai de quem preferir o progresso econômico em detrimento da preservação da moral.
 
30 - Os movimentos da economia iludem a muitos dos investidores, que têm seus olhos cegos em cifrões de lucros, e imaginam que esta bolha atual trará grandes progressos econômicos. Uma das grandes ilusões se prende à China, cujo poderio econômico parece indicar uma fortaleza inexpugnável. Aquele gigante trabalha para o demônio, não se iludam.
 
O fato é que a simples e mesmo singela observação desta economia ensandecida, faz prever uma tremenda derrocada, especialmente quando o gigante chinês, chegar a um limite de sua produção e não mais conseguir colocar no mundo os seus excedentes. Isso levará a uma violenta quebra na cadeia produtiva, que desandará em caos econômico completo. Eles mentem nas estatísticas! O fim da China – e de seu povo – está entre os mais tenebrosos, entre todos os países.
 
31 - Tudo isso, meus amigos, molda a face cada vez mais perceptível do governo mundial. A criação do imposto sobre o consumo de carbono, a ser paga pelos pobres, segue em passos rápidos e será mais uma forma violenta de exploração. A compra de créditos de carbono está gerando um volume assombroso de dinheiro, e caminha para o sistema mundial de impostos unificado. Tudo se formaliza para cumprir o Apocalipse, naquilo que ele tem de mais terrível e assustador.
 
E para que nada dê errado, satanás já desde as últimas décadas vem impondo os seus governantes maus, tendentes a se deixar adorar, porque sabe que esta é a forma de destruir as nações e derrubar impérios. São raras as nações, como a pequena Honduras, que deram resposta negativa a este mal. Isso porque rezaram um milhão de rosários a pedido do então Papa João Paulo II. É visível ali a mão de Deus, defenestrando de lá um governante comunista. Coisa rara!
 
32 - Em vista disso, volto a repetir, não imaginando que os governantes ouçam este recado, mas esperando sim que os governados tomem de seus Rosários, rezem com as suas famílias, para assim se conservarem – como pontos brancos no mapa – dos castigos que desabarão sobre a humanidade. E digo: todos os presidentes, ministros de estado, parlamentares, políticos e pessoas que lutarem pela implantação do aborto, da eutanásia, das pesquisas com células tronco-embrionárias, da mordaça gay e da perversão das crianças inocentes, estes, se não se arrependerem em tempo, seu lugar no inferno já está preparado.
 
O manto protetor de Maria está sendo retirado, de cada país cujo governo aprovou, e cujo povo permitiu aprovar tais leis. Nossa nação perderá 1/3 parte de sua geografia, exclusivamente por causa destes males citados. E claro, também devido ao maligno carnaval. E o endeusamento governamental! Grande mal!
 
33 - Salvemos então as nossas famílias, já que as leis destes males estão passando em nosso parlamento, e serão sem dúvida assinadas por “pilatos”, lavando as mãos no sangue dos inocentes. Dirá que o estado é laico, e que tem direito de criar sua própria lei, mesmo contra os princípios do Eterno. Quando isso acontecer, acreditem a nossa terra que hoje já registra pequenos terremotos, passará aos grandes, e depois deles virá um astro, sepultando nove estados por inteiro, e partes sensíveis de outros. Culpa principal dos governos regidos por satã, culpa dos governados que não rezam.
 
34 - Ou que eles tomem o caminho de volta, pela contrição, e confissão. Esta a única forma de salvar toda a nação. Não aprovem a nenhuma destas leis, e o manto de Maria voltará a nos cobrir por inteiro. Nos locais descobertos, serão raras as pessoas que restarão vivas. Marquem bem o que aqui afirmei, em menos de três anos terá sido dada a reposta.
 

E não esperemos que algo mude sem a oração! Somente bilhões de Ave Maria podem mudar a rota do astro, ou diminuir seu impacto. Senão, ai dos semideuses! Ai dos idólatras! Ai dos que aprovarem as leis do mal! Ai da nação que aprovar e viver estes crimes de lesa-deus! Seu fim será terrível! Ai! Ai! Ai! Já este ano de 2010 trará muitos desastres!  (Aarão)